O Projeto do meu Pai

Direção: Rosaria
5min40s – 2D digital – 2016 – Vitória/ES

SINOPSE: Eu tenho um amigo que diz que a gente precisa desenhar uma mesma coisa mil vezes, até ela ficar do jeito que a gente acha que é.

PARTICIPAÇÃO EM FESTIVAIS: Melhor Filme Brasileiro (Rio & São Paulo); Melhor curta  (Rio) no Anima Mundi 2016; Prêmio Aquisição do Canal Brasil e Prêmio BNDES (Anima Mundi 2016); Melhor curta de animação e Melhor curta pelo júri técnico no 3° Festival de Cinema de Três Passos (RS – Brasil) 2016; Melhor filme capixaba e melhor animação no 23° Festival de Cinema de Vitória (ES – Brasil) 2016; Melhor filme brasileiro no 10° Baixada Animada (Rio de Janeiro, Brasil) 2016; Menção honrosa Infanto/Juvenil Júri Adulto 8º Festin (Portugal) 2017; Melhor Roteiro no 10º Curta Taquary (Pernambuco) 2017; 3º Lugar do Festival Monstronale (Halle, Alemanha) 2017.

DIRETORA: Rosaria entrou no mercado de animação aos 17 anos. Trabalhou como animadora, storyboarder e designer de personagem para diversos estúdios do Rio de Janeiro e São Paulo, em comerciais, institucionais, filmes autorais e séries de TV. Ministra as oficinas do Projeto Animação (IMA — ES) desde 2006 e dirigiu, animou e produziu seus 2 curtas, Tem um Dragão no meu Baú (1? – 2005) e Menina da Chuva (6? – 2010), ambos patrocinados pelo MinC e selecionados em festivais internacionais e de todo o Brasil. Em 2016, Rosaria terminou seu terceiro curta autoral, O Projeto do meu Pai – 5’40”.